00:00:00
22 Oct

Você sabe fazer uma boa redação para a sua entrevista de emprego? Por Aldo Sampaio Raggio

Em entrevista de emprego, a maioria dos recrutadores costuma aplicar testes para analisar a personalidade e avaliar outras competências dos entrevistados, como argumentação, síntese, coerência, gramática e, até mesmo, a fluência no português. Pode parecer estranho examinar o domínio da nossa língua materna, no entanto, erros graves são mais comuns do que parece e, por isso, esse é um dos fatores que mais eliminam os candidatos.

Siga a temática. Antes de mais nada, é importante prestar atenção ao tema. Raramente o texto terá um assunto livre, o mais comum é que os recrutadores estabeleçam um caminho a ser seguido. Mas, se isso ficar a seu critério, procure elaborar algo voltado ao seu desenvolvimento profissional e acadêmico, que valorize seus aprendizados. Vale lembrar que as informações não devem ser somente uma cópia do seu currículo, pelo contrário, você pode aproveitar para expor melhor seus conhecimentos, explicar suas experiências anteriores, sejam no mercado de trabalho ou na sala de aula.” Você pode falar ainda sobre algum tema relacionado à sua profissão ou algo sobre a atualidade.” Explica Aldo Sampaio Raggio.

Veja a seguir os assuntos mais comuns nas redações dos processos seletivos:

Quem sou eu: Este é o mais comum em entrevistas de emprego. Aqui você pode apresentar alguns dados sobre sua vida pessoal e dissertar sobre sua trajetória profissional, expondo seus objetivos e metas de carreira para o futuro.

Vida profissional: Este tema é proposto para que você apresente sua trajetória no mercado de trabalho. O ideal é estabelecer uma ordem cronológica e destacar os pontos altos na sua área de atuação. Você ainda pode abordar habilidades e experiências relacionadas à vaga pretendida.

A empresa: Este tema pode aparecer também com a pergunta sobre o motivo de ter se candidatado à vaga ou porque quer trabalhar na empresa. Ele busca avaliar se o candidato conhece a empresa e está por dentro da vaga. Por isso é importante se preparar previamente e pesquisar bastante sobre a empresa. O ideal é escrever sobre a área de atuação, visão e valores. Também é possível expor dados sobre fatos históricos de sua fundação, produtos e serviços.

Monte uma boa estrutura. Comece pelo título, ele deve ser relacionado ao tema central da redação para valorizar o texto. Escreva uma introdução objetiva para conduzir o leitor ao assunto principal do texto e então comece o desenvolvimento apresentando seus argumentos e ideias. “Nessa parte você deve contextualizar o assunto e defender sua tese. Depois, finalize a conclusão com a síntese do que foi discutido.” Explica Attílio Renato Sampaio Raggio.

Veja a seguir mais algumas dicas importantes com Ivone de Arruda Sampaio:

O que fazer? “Simplifique a linguagem”, porque textos rebuscados, cheios de palavras difíceis, podem se tornar cansativos e confusos, por isso, evite usar esse recurso. O que será avaliado é a coesão dos argumentos, então não se preocupe em ficar enfeitando para demonstrar inteligência, explica ela.

Seja objetivo: Exponha seus argumentos e opiniões na ordem direta, respeitando a sequência das informações na narrativa, para elaborar um texto mais claro e leve.

Apresente sua opinião: É importante deixar claro no texto o seu ponto de vista, seja ele qual for, se tiver uma boa apresentação, será bem aceito. No entanto, vale ressaltar que temas polêmicos ou visões radicais devem ser evitados.

Varie o vocabulário: repetições de palavras tornam a leitura cansativa e desagradável, além de demonstrar pobreza de vocabulário, por isso procure usar palavras variadas e seus sinônimos na hora de escrever.

Revise antes de entregar: Para evitar erros, é muito importante fazer uma revisão final antes de entregar. Isso ajuda a escapar de frases incompletas, erros ortográficos ou gramaticais e também verificar se apresentação de ideias foi conforme o tema proposto.

Para evitar erros, é muito importante fazer uma revisão final antes de entregar. Isso ajuda a escapar de frases incompletas, erros ortográficos ou gramaticais e também verificar se apresentação de ideias foi conforme o tema proposto. “Não use abreviações” explica Renato Carlos Sampaio Raggio. Na linguagem da internet e mensagens de texto tudo é simplificado, inclusive as palavras, mas isso não cabe em uma redação de processo seletivo. Por isso fique atento para não deixar escapar nenhum “vc” ou “tbm”, e nada de gírias, essas questões são muito importantes para você não mandar mal em sua redação.

You may be interested

Consultor que estruturou o primeiro fundo imobiliário do Brasil aborda o potencial do setor
Brasil
Brasil

Consultor que estruturou o primeiro fundo imobiliário do Brasil aborda o potencial do setor

Fabio Alencar - 22/10/2019

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (21), Ricardo Reis, professor do InfoMoney, conversou com Sérgio Belleza Filho, consultor de investimentos responsável pelo site Fundo Imobiliário, sobre a trajetória…

Instituto Nacional de Estudos do Repouso amplia em 21% número de inscritos em treinamentos online para vendedores de colchões no Brasil
Brasil
Brasil

Instituto Nacional de Estudos do Repouso amplia em 21% número de inscritos em treinamentos online para vendedores de colchões no Brasil

Fabio Alencar - 22/10/2019

O Instituto Nacional de Estudos do Repouso (INER) registrou recorde de treinamentos oferecidos para profissionais do setor de comercialização de colchões entre janeiro e agosto de 2019.…

Inter acerta com Zé Ricardo para comandar time até o fim de 2019, afirma site
Brasil
Brasil

Inter acerta com Zé Ricardo para comandar time até o fim de 2019, afirma site

Fabio Alencar - 22/10/2019

O Bahia vem frustrando o seu torcedor dentro de casa nos últimos jogos pelo Campeonato Brasileiro. Foi assim contra o Athletico, São Paulo e Ceará na noite…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category