00:00:00
22 Oct

Guedes demite secretário da Receita após anúncio de ‘CPMF’

Marcos Cintra cai por alta rejeição à proposta de reforma tributária, que inclui a criação de um novo tributo sobre pagamentos

Oministro da Economia, Paulo Guedes, demitiu nesta quarta-feira o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, pela rejeição do Congresso à proposta de reforma tributária, que inclui a criação de um novo tributo nos moldes da extinta CPMF.

Segundo apurou o Estado, a permanência do secretário se tornou insustentável, diante das reações negativas do Congresso à antecipação da proposta de criação da contribuição sobre pagamentos (CP), com alíquotas de 0,2% e 0,4%, pelo secretário-adjunto da Receita, Marcelo Silva.

O ministro da Economia, Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo GuedesFoto: DIDA SAMPAIO / Estadão Conteúdo

Guedes já tinha avisado a interlocutores que se Cintra não viabilizasse a criação do novo imposto não teria condições de ser o negociador da reforma tributária em nome do governo.

A proposta de reforma tributária do governo sequer foi apresentada oficialmente. Ainda assim, tornou-se alvo de discórdia em todas as frentes – um sinal de que o encaminhamento da questão pelo ministério da Economia tem sido no mínimo mal planejado e conduzido de forma confusa.

Revelada em doses homeopáticas desde a campanha eleitoral por Guedes, por Cintra e por seu assistente Marcelo de Souza Silva, a proposta oficial já sofreu tanto vai e vem e já provocou tantos ruídos e até agora, dentro e fora do governo, na base aliada e na oposição, que já é difícil prever o seu destino no momento, qualquer que seja sua versão final.

A demora em enviar o projeto já levou o governo a perder o protagonismo do debate. Enquanto o governo levava a sua proposta em banho-maria, refinando-a aqui e ali, o Senado e a Câmara dos Deputados saíram na frente, com a apresentação de duas PECs (Propostas de Emenda Constitucional) diferentes.

Uma delas foi patrocinada pelo senador David Alcolumbre, presidente do Senado, com base na proposta do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e já aprovada pela Comissão Especial da Câmara e aguardando votação em plenário. A outra, apresentada pelo deputado Baleia Rossi (MDB-SP), com base na proposta do economista Bernard Appy, do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF), já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e está em discussão agora na comissão especial.

MINISTÉRIO CONFIRMA

O Ministério da Economia divulgou nota, há pouco, confirmando que Cintra deixou o govenro. No lugar dele assume interinamente José de Assis Ferraz Neto.

O ministério ainda informou que que não há um projeto de reforma tributária finalizado. “A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”, diz a nota. Segundo o órgão, a proposta somente será divulgada depois do aval de Guedes e do presidente Jair Bolsonaro.

You may be interested

Consultor que estruturou o primeiro fundo imobiliário do Brasil aborda o potencial do setor
Brasil
Brasil

Consultor que estruturou o primeiro fundo imobiliário do Brasil aborda o potencial do setor

Fabio Alencar - 22/10/2019

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (21), Ricardo Reis, professor do InfoMoney, conversou com Sérgio Belleza Filho, consultor de investimentos responsável pelo site Fundo Imobiliário, sobre a trajetória…

Instituto Nacional de Estudos do Repouso amplia em 21% número de inscritos em treinamentos online para vendedores de colchões no Brasil
Brasil
Brasil

Instituto Nacional de Estudos do Repouso amplia em 21% número de inscritos em treinamentos online para vendedores de colchões no Brasil

Fabio Alencar - 22/10/2019

O Instituto Nacional de Estudos do Repouso (INER) registrou recorde de treinamentos oferecidos para profissionais do setor de comercialização de colchões entre janeiro e agosto de 2019.…

Inter acerta com Zé Ricardo para comandar time até o fim de 2019, afirma site
Brasil
Brasil

Inter acerta com Zé Ricardo para comandar time até o fim de 2019, afirma site

Fabio Alencar - 22/10/2019

O Bahia vem frustrando o seu torcedor dentro de casa nos últimos jogos pelo Campeonato Brasileiro. Foi assim contra o Athletico, São Paulo e Ceará na noite…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category