00:00:00
20 Jan

Lula diz que sentia alívio na prisão ao pensar que o povo tava mais “f…” que ele

No lançamento do livro “Lula e a Espiritualidade: Oração, Meditação e Militância”, organizado por Mauro Lopes na quinta (21) em São Paulo, acompanhado de petistas como Dilma Rousseff e Gleisi Hoffmann, Lula falou como se aliviava da tensão na prisão e revelou: “Diga-se de passagem, a Dilma foi me visitar umas vezes e falou: ‘Lula, você tem que namorar'”. Lula afirmou ainda que pensava na situação do povo diante do atual governo. “Quando me dava um desespero, eu pensava que eu vivia melhor que 70% do povo brasileiro. Eu fazia meu café, fazia meu café de boa qualidade. Todo mundo gostava do meu café. Comia minha marmitinha de isopor, mas era melhor que o povo tava comendo. O meu alívio era [pensar] isso: o povo tá fudido, esse governo tá acabando com o povo… Isso me alimentava”, disse o petista. Veja aqui em vídeo postado pela assessoria de Lula no Facebook.

 

 

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) gerou polêmica ao arrancar um cartaz de uma exposição na Câmara alusiva ao Dia da Consciência Negra. Na cena gravada em vídeo e postada no Twitter pelo próprio Tadeu, ele afirma concordar com a frase “racismo é crime” na explosição, mas reclama da imagem no cartaz que mostra um policial com arma na mão e um homem negro caído, trajando a bandeira do Brasil. “Isso quer dizer o quê, que a polícia só mata preto?” questiona o deputado, arrancando o cartaz: “Isso aqui não vai ficar na parede. Isso aqui é contra a polícia”, emendou prometendo queimar o cartaz. O ato foi criticado na sessão pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e deputados da oposição prometeram fazer representação contra Tadeu no Conselho de Ética da Casa. Em entrevistas, o Coronel Tadeu disse que faria de novo o que fez em defesa dos policiais militares que atuam em prol da população. “Eu sou um policial de segurança, fiz minha carreira na segurança e não posso permitir uma agressão desta ordem à uma instituição que trabalha 24h por dia para a sociedade”, afirmou ao site Congresso em Foco. Veja o vídeo.

 

 

O PT procolou na quarta (20) representação no Comissão de Ética da Câmara pedindo a abertura de processo disciplinar contra o deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) visando a cassação de seu mandato por quebra de decoro, por ter arrancado um cartaz da exposição alusiva ao Dia da Consciência Negra nos corredores da Casa. Ainda na quarta, com a presença de deputados de esquerda como Benedita da Silva (PT-RJ) e David Miranda (PSOL-RJ), novos cartazes com a imagem de um homem negro caído e um policial com arma na mão, como o retirado pelo Coronel Tadeu em defesa dos policiais, foram colocadas na galeria com os dizeres “Racistas não nos calarão”, conforme as fotos acima enviadas ao Blog pelo jornalista Clodoaldo Silva, de Brasília.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

Cármen Lúcia manda TRF4 soltar todos os presos por condenação em 2ª instância

Para se aliviar do calor, capivara invade piscina de clínica em Campo Grande

Jair Bolsonaro pediu apoio de lideranças para criação da Aliança pelo Brasil em MS

Em Nova Iorque, Tereza assina acordo para emissão de títulos verdes da agropecuária

You may be interested

Toffoli suspende portaria de Moro com regras para atuação da PRF em operações
Política
10 Visualizações
Política
10 Visualizações

Toffoli suspende portaria de Moro com regras para atuação da PRF em operações

Fabio Alencar - 17/01/2020

Ação foi proposta por delegados federais, que contestaram portaria de outubro. Presidente do STF diz que regras teriam que ser aprovadas pelo Congresso Nacional, em lei. O…

Motorista deixa carro blindado no CE após perseguição, tiroteio e cinco horas de negociação com a polícia
Crimes
9 Visualizações
Crimes
9 Visualizações

Motorista deixa carro blindado no CE após perseguição, tiroteio e cinco horas de negociação com a polícia

Fabio Alencar - 17/01/2020

Depois de furar o bloqueio policial, o condutor colidiu com alguns veículos e feriu duas mulheres, em Sobral. Depois de mais de cinco horas de negociação com…

Polícia investiga histórico de viagens de motorista de app achada carbonizada dentro de carro
Crimes
11 Visualizações
Crimes
11 Visualizações

Polícia investiga histórico de viagens de motorista de app achada carbonizada dentro de carro

Fabio Alencar - 17/01/2020

Veículo foi encontrado em chamas, em São Roque (SP). Família de Limeira (SP) fez o reconhecimento do corpo no IML de Sorocaba. A polícia pediu à empresa…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category