00:00:00
20 Jan

Duas rodovias que dão acesso a Pontalina ficam interditadas após chuva e rompimento de represa

GO-040 estava fechada desde sábado. Goinfra constatou que também foi danificada a ponte da GO-215. Vídeos mostram casas e empresas alagadas, além de chácara destruída.

Após o rompimento de uma represa em Pontalina, no centro de Goiás, duas pontes que dão acesso à cidade foram interditadas pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). O órgão identificou que as estruturas foram abaladas por causa da enxurrada e foram organizados desvios.

A represa se rompeu na manhã de sábado (4). Desde então a GO-040 foi interditada por causa do dano à estrutura da ponte. Já nesta segunda-feira (6), a Goinfra interditou também a entrada da cidade pela GO-215.

Segundo comunicado da Agência, “houve movimentação do aterro de forma muito intensa, o que abalou sobremaneira o encabeçamento das pontes e, consequentemente, da capacidade de absorção de peso nas respectivas estruturas”.

Também de acordo com a Goinfra, a previsão é de que a interdição dure 14 dias na GO-215 e de 40 na GO-040.

G1 questionou a Goinfra sobre como e por onde serão feitos os desvios para entrar e sair de Pontalina e aguarda retorno.

GO-215 é interditada após represa se romper em Pontalina — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
GO-215 é interditada após represa se romper em Pontalina — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Danos

Além de abalar as estruturas das pontes, o rompimento da represa destruiu a casa de um casal, que só se salvou porque, ao serem levados pela água, conseguiram se agarrar a uma árvore até serem resgatados.

O incidente também deixou uma família ilhada. O Corpo de Bombeiros resgatou um casal e três filhos, que ficaram cerca de cinco horas ilhados em um elevado de terra, no Loteamento São João, em Pontalina.

O rompimento da represa da fazenda São Lourenço das Guarirobas aconteceu por volta das 10h de sábado. A Defesa Civil monitora, desde então, três barragens que ficam acima dela e que estão cheias.

Após temporal, nível da água sobe em rios e lagos de Pontalina, Goiás — Foto: Ernani Ferreira/Arquivo pessoal
Após temporal, nível da água sobe em rios e lagos de Pontalina, Goiás — Foto: Ernani Ferreira/Arquivo pessoal

Chuva forte

Além do rompimento da represa, uma chuva forte também prejudicou moradores da cidade. Muitas casas foram alagadas, pessoas perderam móveis, eletrodmésticos, e comerciantes tiveram os produtos levados, destruídos ou danificados.

Uma olaria – local que fabrica e vende telhas e tijolos – foi inundada durante o final de semana. Segundo o dono do local, foram jogados fora 250 mil tijolos que estavam prontos para venda – prejuízo estimado por ele de R$ 70 mil.

Segundo o Corpo de Bombeiros, todos esses estragos causados dentro da cidade foram por causa da chuva forte entre sexta-feira e sábado, quando choveu, em 12 horas, 192 milímetros – 76% do esperado para o mês.

Também é a chuva que pode colocar em risco outras casas e pessoas da região, já que há dois lagos no centro da cidade que estão cheios e podem transbordar se o tempo continuar chuvoso.

Lagos em Pontalina que, se se romperem, podem prejudicar moradores abaixo dessa região - quatro casas foram interditadas goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Lagos em Pontalina que, se se romperem, podem prejudicar moradores abaixo dessa região – quatro casas foram interditadas goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Quatro imóveis foram interditados pela Defesa Civil no final de semana. Segundo a corporação, as casas podem ser atingidas caso novas chuvas fortes caiam no centro de Pontalina, sobrecarregando o Lago Municipal e outra represa, que é de um clube que fica ao lado.

Um dos moradores contou que já dormiu a primeira noite fora de casa entre domingo (5) e esta segunda. Ele disse que recebeu as orientações dos bombeiros para se afastar por causa do perigo, mas segue com medo de perder tudo o que tem.

Previsão do tempo

O G1 entrou em contato com o meteorologista da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), André Amorim, e aguarda retorno para saber quais as orientações e previsões para esta segunda-feira.

No final de semana, toda a região centro-sul de Goiás ficou sob estado de alerta. Chuvas fortes estavam previstas e poderiam prejudicar moradores de regiões suscetíveis a alagamentos.

As análises mostraram que, entre sexta-feira e sábado, choveram 192 milímetros em Pontalina – o que representa 76% do esperado para o mês de janeiro no local.

You may be interested

Toffoli suspende portaria de Moro com regras para atuação da PRF em operações
Política
10 Visualizações
Política
10 Visualizações

Toffoli suspende portaria de Moro com regras para atuação da PRF em operações

Fabio Alencar - 17/01/2020

Ação foi proposta por delegados federais, que contestaram portaria de outubro. Presidente do STF diz que regras teriam que ser aprovadas pelo Congresso Nacional, em lei. O…

Motorista deixa carro blindado no CE após perseguição, tiroteio e cinco horas de negociação com a polícia
Crimes
9 Visualizações
Crimes
9 Visualizações

Motorista deixa carro blindado no CE após perseguição, tiroteio e cinco horas de negociação com a polícia

Fabio Alencar - 17/01/2020

Depois de furar o bloqueio policial, o condutor colidiu com alguns veículos e feriu duas mulheres, em Sobral. Depois de mais de cinco horas de negociação com…

Polícia investiga histórico de viagens de motorista de app achada carbonizada dentro de carro
Crimes
12 Visualizações
Crimes
12 Visualizações

Polícia investiga histórico de viagens de motorista de app achada carbonizada dentro de carro

Fabio Alencar - 17/01/2020

Veículo foi encontrado em chamas, em São Roque (SP). Família de Limeira (SP) fez o reconhecimento do corpo no IML de Sorocaba. A polícia pediu à empresa…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Most from this category